Instrumentos Medição

INSTRUMENTOS DE MEDIÇÃO: ENTENDA QUAL A IMPORTÂNCIA

Mediante a tantos equipamentos que são instalados em empresas e em indústrias, é necessário que após a instalação seja feita a conferência da qualidade e funcionamento desses equipamentos. Muitas falhas ou riscos podem ser evitados com essas conferências frequentes além das manutenções mensais. Para isso, existem os instrumentos de medição, que servem para testar e averiguar a qualidade e funcionamento de alguns itens.

A fim de facilitar essa conferência, que nem sempre pode ser feita a olho nu, foram desenvolvidos os instrumentos de medição que são um grande facilitador e conseguem identificar a qualidade e possíveis falhas com maior precisão. Veja abaixo os principais dados que são possíveis obter com este aparelho:

  • Fluxo de água;
  • Tensão e capacidade;
  • Altura, espessura, profundidade;
  • Temperatura corporal;
  • Quantidade de substâncias diversas;
  • Velocidade.

QUAIS OS TIPOS DE INSTRUMENTOS DE MEDIÇÃO?

Existem muitos tipos de aparelhos de medição, para diversas finalidades e cada um deles possuem particularidades, a fim de atender diversas necessidades de medição, pois esse processo é fundamental para garantir a qualidade durante a fabricação, instalação e funcionamento de variados objetos e equipamento, entre outros. Veja abaixo quais os principais instrumentos de medição e suas características:

1- Micrometro

O objetivo principal é oferecer as medidas exatas considerando espessuras, distâncias e ângulos de itens de menor tamanho. Também é possível conseguir altura e profundidade, com a utilização desse medidor. Ele oferece medições, que são impossíveis de serem avaliadas visualmente.

Seu uso é muito comum em indústrias na medição de peças d máquinas, principalmente no to da fabricação. Sua forma é semelhante a de um parafuso e costuma ser sensível a temperaturas elevadas e a choques térmicos, por isso, o ideal é que seja mantido em temperatura ambiente para que não prejudique sua calibração e sua precisão ao aferir medidas. Além disso, possui duas versões, podendo ser digital ou mecânico.

2- Paquímetro

Este medidor também pode ser encontrado na versão digital ou mecânica. Seu formato é bem parecido com o de uma régua, sendo possível obter dimensões da área externa ou interna de peças. Costuma ser utilizado para obter medidas de tubos e parafusos. O item a ser medido é colocado entre a base móvel e a base fixa e através da régua é feita a leitura da medida.

É necessário alguns cuidados com esse equipamento, o mantendo longe da luz solar, tomando cuidado ao manusear e evitando movimentos bruscos, que podem prejudicar seu funcionamento.

3- Relógio apalpador

Seu uso é mais comum em indústrias, pois consegue obter medidas considerando a distância entre o centro e as demais extremidades das peças. Também consegue acessar a parte interna de peças, a fim de obter detalhes maiores. Consegue oferecer aspectos paralelos, alinhamentos e identificar a centragem de peças.

Existem diversos modelos deste item, porém o mais comum possui resolução com 0,01mm. Para a medição correta com esse equipamento, é necessário alguns pontos de atenção, como manter a face do relógio e a superfície da peça submetida a medição. É Necessário também que a ponta do relógio esteja perpendicular com a peça, mantendo um alinhamento, entre ambos.

4- Multímetro

É um medidor capaz de aferir cargas elétricas em três tipos diferentes, são eles: voltímetros, ohmímetro e amperímetro. Consegue medir corrente elétrica alternada e contínua, tensão elétrica, frequência de sinais alternados, temperatura e entre outras formas.

A função de medição, é acionada através de um mecanismo rotativo, que possibilita essas diferentes medições com um único aparelho. Existem dois tipos, sendo o analógico e o digital. O modelo analógico, tem função eletromagnética e o digital, função eletrônica através de um amplificador.

5- Megômetro

Tem como função medir o fluxo da corrente elétrica, através de uma tensão que cria para fazer a leitura da corrente elétrica que vai passar por ele. Costuma ser bem utilizado, para identificar a isolação de motores e transformadores, a fim de testar os materiais como os cabeamentos.

É um aparelho muito importante, pois também ajuda a prevenir falhas de equipamentos e redes elétricas, a fim de oferecer maior segurança evitando curto-circuito, incêndios, entre outras situações de risco. Este dispositivo, também possui duas versões, sendo o analógico ou digital.

6- Alicate amperímetro

É considerado um equipamento muito seguro na aferição da corrente elétrica, pois sua grande característica, é oferecer maior segurança, devido a isso, ele consegue medir o campo induzido, sem ter contato direto com o circuito, com isso, a exposição a acidentes como curto-circuito passa a ser menor.

É necessário que o equipamento aferido, tenha valores acima de 999 megaohms (medida da resistência elétrica, quando há uma tensão de um volt, com uma corrente de ampére para determinado elemento), pois abaixo dessa indicação, significa que o equipamento possui problemas nos cabeamentos ou nos motores.

7- Trena

É um dispositivo que consegue identificar a distância e, em alguns casos, é utilizada para informar também sobre a altura. Seu manuseio é manual, porém o aparelho pode ser digital, laser ou modelo convencional.

Costuma ser muito utilizada em obras, para a medição de paredes, pisos e entre outros. Existem muitos modelos de trena, podendo ser mais longas ou mais curtas, sendo o modelo definido de acordo com a utilidade.

Como vimos, existem muitos equipamentos de medição disponíveis, para diferentes finalidades e em diferentes formas, sendo necessário identificar qual a melhor de atender ao objetivo de uso.

IMPORTÂNCIA DOS INSTRUMENTOS DE MEDIÇÃO PARA EMPRESAS

São aparelhos úteis, principalmente para indústrias, fábricas e empresas que prestam manutenção a equipamentos, porém alguns deles, costumam ser utilizados também para fins pessoais, como exemplo, a trena. São dispositivos, que conseguem identificar dimensões de diferentes tipos de equipamentos, de forma exata, a qual seria impossível ou muito trabalhosa, identificar visualmente ou através da elaboração de cálculos.

Os instrumentos de medição são ferramentas práticas para conseguir medidas relacionadas a tensão e potência, quando há relação com questões elétricas. Foram desenvolvidos, a fim de facilitar essas informações de forma mais rápida e prática, pois conseguem oferecer um dado exato de medição.

Devido essa facilidade é, um aparelho que tem sido muito utilizado no segmento industrial, pois consegue ajudar na fabricação de peças e outros itens de forma mais precisa, agilizando o processo de fabricação.

INSTRUMENTOS DE MEDIÇÃO EM OUTROS SEGMENTOS

Existem muitos outros tipos de instrumentos de medição, além dos que são utilizados no meio industrial e empresarial, pois se trata de um segmento muito abrangente, com diversas outras finalidades. Veja abaixo, onde é possível encontrar esses outros modelos:

1- Para fins comerciais

É possível encontrar em comércios como padarias e restaurantes, aparelhos como balanças para pesar alimentos ou outros produtos. Os hidrômetros também são itens obrigatórios e fundamentais para qualquer comércio, pois tem função de medir o fluxo de água consumido. Também pode ser considerado o taxímetro, que contabiliza o valor da corrida, mediante ao tempo gasto e o percurso feito.

2- Para fins hospitalares

Os hospitais também fazem uso dos instrumentos de medição, pois conseguem ajudar na medição da pressão arterial, identificando se está baixa ou alta ou o medidor de temperatura corporal que consegue identificar se está normal ou anormal. Os aparelhos para medir glicemia, também podem ser considerados como dispositivos de medição, pois conseguem medir o nível de açúcar no sangue.

3- Para fins segurança

É necessário utilizar instrumentos de medição também para conseguir mais segurança, como o uso de medidor de velocidade de veículos, a fim de identificar a velocidade em que os veículos percorrem, a fim de conferir se está dentro ou fora do permitido para determinada localidade.

Existem também os etilômetros que conseguem captar o nível de álcool consumido por um motorista, a fim de saber se houve ou não esse tipo de consumo. Essa medição consegue captar através do ar dos pulmões os níveis alcoólicos.

4- Para fins ambientais

Os instrumentos de medição também são utilizados no meio ambiente, como o analisador de gases de veículos que conseguem medir a quantidade de gases emitidas. Outro aparelho usado è o opacímetros, que é responsável em medir a fumaça e poluição de determinado local.

TIPOS DE METROLOGIA

Existem muitos meios em que os instrumentos de medição são úteis e mais comuns do que imaginamos em nossa rotina e nos locais em que circulamos, isso porque são aparelhos que costumam ser bem práticos e precisos, o que facilita a obter dados imediatos.

Além dos variados locais em que os instrumentos de medição podem ser utilizados, também é definido alguns segmentos com suas funções variadas. Veja abaixo algumas dessas possibilidades:

1- Metrologia dimensional

É caracterizada por um resultado exato e imediato de dimensões, ângulos e profundidade e, geralmente, são utilizados na engenharia mecânica. Os aparelhos mais utilizados para esse tipo de medição, é a trena, paquímetro e micrômetro, entre outros.

2- Metrologia elétrica

Tem como objetivo captar a capacidade, tensão, fluxo, resistência, entre outras características de um fluido elétrico, seja eletromagnéticas e eletrostáticas. Nesse caso, os aparelhos mais comuns para utilização é o alicate amperímetro, megômetro e multímetro.

3- Metrologia de tempo e temperatura

Conseguem promover informações imediatas como hora, minuto, segundo e também conseguem mensurar níveis de temperatura de ambientes ou até mesmo corporal. Os mais utilizados para esse segmento são cronômetro e termômetro, entre outros.

4- Metrologia de água

Tem como objetivo controlar e medir o fluxo de água, considerando quantidade e pressão desse elemento, além de outras substâncias que podem estar presentes nesse fluido. Os aparelhos mais comuns medidores de cloro, medidores de PH, medidores de oxigênio.

CALIBRAÇÃO DE INSTRUMENTOS DE MEDIÇÃO

Assim como qualquer outro tipo de aparelho, é necessário que recebam manutenção a fim de executarem sua função adequadamente, ainda mais no caso de itens de medição que precisam oferecer um dado exato.

Para isso, existem empresas que oferecem o serviço de calibração, pois é necessário que as alterações sejam feitas periodicamente, a fim de obter resultados precisos e assertivos, pois podem ocorrer muitos problemas se a informação transmitida estiver incorreta.

Assim que os instrumentos de medição forem comprados é importante fazer a primeira calibração, pois vai definir alguns parâmetros e padrões durante o uso a fim de permitir maior exatidão. Sendo necessário calibrar ao menos uma vez por ano e, fora isso é preciso ter alguns cuidados como o manuseio e forma de armazenar, a fim de estabelecer maior durabilidade do dispositivo.

É necessário estar atento aos resultados, pois os profissionais que farão a utilização do dispositivo costumam ter uma base de resultado certo e, caso seja identificado que um dado de medição está muito fora da realidade, é importante averiguar, e dependendo do caso, contratar empresas que oferecem a calibração desses equipamentos.

Além disso, é importante que os laboratórios possam oferecer testes de calibração atendam a norma ISO/IEC 17025, pois existem alguns padrões a serem seguidos, por isso, é importante estar atento para a contratação de empresas de confiança.

QUANDO É OBRIGATÓRIA A CALIBRAÇÃO?

Existem alguns casos em que a calibração é obrigatória, pois caso não seja feita pode provocar alguns problemas e sérios prejuízos, ainda mais porque quem usa esses aparelhos busca um dado preciso. Veja abaixo em quais casos procurar pelo serviço de calibração:

  • Após a compra de um novo aparelho de medição;
  • Quando o instrumento é submetido a choque, vibração, ou agentes químicos;
  • Quandos os dados estão fora dos padrões comuns que possam indicar falhas;
  • Após um ano de uso sem nenhuma manutenção.

NORMAS PARA INSTRUMENTOS DE MEDIÇÃO

As normas são criadas pelo ministério do trabalho a fim de promover maior segurança e evitar falhas, oferecendo um padrão estabelecido que precisa ser seguido. A norma mais comum, NR 33, é a que estabelece alguns padrões e exigências a serem seguidas para medição em locais confinados.

Para cada tipo de medidor existem exigências específicas, por isso, é importante que o aparelho seja fabricado e fornecido por uma empresa técnica de confiança e, após a compra, é necessário que mantenha as boas condições do equipamento e, em ambientes profissionais, é importante que a forma de utilização siga as determinações da normativa.

Além disso, os laboratórios responsáveis por fazer a calibração tem que ser aprovados pelo INMETRO e, os profissionais que fazem esse teste e ajustes nos aparelhos devem ter conhecimento técnico.




Regiões onde a Grupo Calibração atende Instrumentos Medição:

  • Selecione a região do Brasil

Regiões onde a Grupo Calibração atende Instrumentos Medição:

  • Aclimação
  • Bela Vista
  • Bom Retiro
  • Brás
  • Cambuci
  • Centro
  • Consolação
  • Higienópolis
  • Glicério
  • Liberdade
  • Luz
  • Pari
  • República
  • Santa Cecília
  • Santa Efigênia
  • Vila Buarque
  • Brasilândia
  • Cachoeirinha
  • Casa Verde
  • Imirim
  • Jaçanã
  • Jardim São Paulo
  • Lauzane Paulista
  • Mandaqui
  • Santana
  • Tremembé
  • Tucuruvi
  • Vila Guilherme
  • Vila Gustavo
  • Vila Maria
  • Vila Medeiros
  • Água Branca
  • Bairro do Limão
  • Barra Funda
  • Alto da Lapa
  • Alto de Pinheiros
  • Butantã
  • Freguesia do Ó
  • Jaguaré
  • Jaraguá
  • Jardim Bonfiglioli
  • Lapa
  • Pacaembú
  • Perdizes
  • Perús
  • Pinheiros
  • Pirituba
  • Raposo Tavares
  • Rio Pequeno
  • São Domingos
  • Sumaré
  • Vila Leopoldina
  • Vila Sonia
  • Aeroporto
  • Água Funda
  • Brooklin
  • Campo Belo
  • Campo Grande
  • Campo Limpo
  • Capão Redondo
  • Cidade Ademar
  • Cidade Dutra
  • Cidade Jardim
  • Grajaú
  • Ibirapuera
  • Interlagos
  • Ipiranga
  • Itaim Bibi
  • Jabaquara
  • Jardim Ângela
  • Jardim América
  • Jardim Europa
  • Jardim Paulista
  • Jardim Paulistano
  • Jardim São Luiz
  • Jardins
  • Jockey Club
  • M'Boi Mirim
  • Moema
  • Morumbi
  • Parelheiros
  • Pedreira
  • Sacomã
  • Santo Amaro
  • Saúde
  • Socorro
  • Vila Andrade
  • Vila Mariana
  • Água Rasa
  • Anália Franco
  • Aricanduva
  • Artur Alvim
  • Belém
  • Cidade Patriarca
  • Cidade Tiradentes
  • Engenheiro Goulart
  • Ermelino Matarazzo
  • Guianazes
  • Itaim Paulista
  • Itaquera
  • Jardim Iguatemi
  • José Bonifácio
  • Moóca
  • Parque do Carmo
  • Parque São Lucas
  • Parque São Rafael
  • Penha
  • Ponte Rasa
  • São Mateus
  • São Miguel Paulista
  • Sapopemba
  • Tatuapé
  • Vila Carrão
  • Vila Curuçá
  • Vila Esperança
  • Vila Formosa
  • Vila Matilde
  • Vila Prudente
  • São Caetano do sul
  • São Bernardo do Campo
  • Santo André
  • Diadema
  • Guarulhos
  • Suzano
  • Ribeirão Pires
  • Mauá
  • Embu
  • Embu Guaçú
  • Embu das Artes
  • Itapecerica da Serra
  • Osasco
  • Barueri
  • Jandira
  • Cotia
  • Itapevi
  • Santana de Parnaíba
  • Caierias
  • Franco da Rocha
  • Taboão da Serra
  • Cajamar
  • Arujá
  • Alphaville
  • Mairiporã
  • ABC
  • ABCD
  • Bertioga
  • Cananéia
  • Caraguatatuba
  • Cubatão
  • Guarujá
  • Ilha Comprida
  • Iguape
  • Ilhabela
  • Itanhaém
  • Mongaguá
  • Riviera de São Lourenço
  • Santos
  • São Vicente
  • Praia Grande
  • Ubatuba
  • São Sebastião
  • Peruíbe